Enzimas (Bioquímica) - Analogia do funcionamento da enzima com a mãe-bebê-agazalho - 2012

Enzimas

Metodologia de Ensino com Analogia (Nagem et al., 2012)

 

1. Definição da área de conhecimento: Biologia.

2. Definição do assunto:  Introdução à bioquímica: enzimas.

3. Definição do público: Ensino Médio – 1º ano.

4. Escolha adequada do veiculo com o perfil do aluno: Figuras: mãe, criança (bebê) e agasalho.

5. Descrição da analogia:

Como as enzimas funcionam num organismos. Elas aceleram a velocidade de uma reação que tende a acontecer, para a formação de produto.

Vamos imaginar um bebe, esse bebe tem menos de dois anos e deseja tirar o agasalho do corpo porque esta com calor. Nessa idade as crianças não sabem fazer as coisas sozinhas, então para tirar o agasalho (transformar substrato em produto) é esperado que esse fato ocorra, porem poderá demorar um longo tempo. A criança pode crescer ate o agasalho estourar do corpo, a criança pode se agitar de maneira descontroladamente ate que por acaso o agasalho saia do corpo. Enfim, essa ação (reação) irá acontecer independente do tempo que leve, e isso poderá demorar muito. Assim, a enzima entra numa determinada reação, para acelerar esse processo, fornecendo energia de ativação aumentando a velocidade da reação. Nessa analogia, a mãe entra na situação como a enzima entra na reação, ela auxilia o bebe para retirada do agasalho, neste momento formando o complexo enzima-substrato, ou mãe com seu respectivo bebe. Rapidamente o agasalho é retirado do bebe (substrato), formação do produto, e a mãe (enzima) não sofre nenhuma modificação (enzima não se altera na reação, nem influencia as concentrações de substrato e produto gerado).

A partir dessa analogia, os alunos terão melhor visualização de como as enzimas funcionam, podendo assim passar para um estudo mais aprofundado, como as classes de enzimas encontradas, quais as suas atuações nas reações, e as especificidades das enzimas.

6.  Explicação das semelhanças e diferenças:

 

Características

Semelhanças

Diferenças

Mãe

Ação da enzima; realiza uma atividade acelerando-a;

Mãe é um organismo vivo, diferente da enzima que é uma classe de proteínas, que por sua vez são macromoléculas;

Mãe+bebe

Simboliza o substrato acoplado a enzima;

Ambos são atraídos por ligações químicas, não uma depende de vontade ou querer de um ou do outro, e ambos diferem molecularmente;

Bebe vestido

Substancia em forma de substrato, em uma conformação que não beneficia no metabolismo celular;

Ambos diferem molecularmente, ou seja, o bebe vestido é apenas um organismo incomodado com a vestimenta. O substrato é uma substancia que necessita ser modificada para ter uma função especifica para a célula;

Bebe sem o suéter

Representa o produto formado pela ação da enzima, na forma que o substrato é eficiente para um organismo.

Ambos diferem molecularmente. O bebe sem o suéter é apenas para satisfazer o conforto do corpo, e o produto é essencial para otimizar a atividade celular.

 

7. Reflexão com o conteúdo:

Para que os alunos diferenciem a atividade de uma enzima e a analogia apresentada, faz-se necessário a indução do questionamento e pesquisa de aprofundamento do assunto, uma vez que nem todos os itens poderam ser acoplados a analogia. Logo, foram elaboradas questões para reflexão do aluno sobre o assunto ministrado em aula:

Qual a função das enzimas?

Como acontece a formação de um substrato em produto?

O que representa o complexo enzima-substrato?

As enzimas são alteradas na reação?

As enzimas modificam a concentração de substrato  e produto de uma reação?

O que é alterado pela enzima?

Pesquise as principais classes de enzimas estudas (são seis).

8. Estimulo de atitude crítica e reflexiva:

Visando instigar o senso critico sobre o assunto, para que o aluno aprenda a sempre que não se sentir devidamente convencido sobre o que foi explicado. Solicitarei outro trabalho de pesquisa, a busca da importância das enzimas para o metabolismo celular, finalizando com breve comentário sobre o porquê se faz necessário entender e aprender as funções das enzimas.

9. Avaliação:

Como atividade de fixação do conhecimento, pedirei que os alunos deem outros exemplos de reações catalisadas pelas enzimas e uma analogia representando-a. este poderá ser feito em grupos, seis de preferência, uma vez que existem na natureza seis classes de enzimas. Assim se tornará mais fácil de associar a atuação desse importante grupo de proteínas.

 

Israela da S. de Souza

Licencianda em Ciências Naturais - UFAM